Outubro Rosa

25 de Setembro de 2014

O movimento conhecido como OUTUBRO ROSA, comemorado em muitas partes do mundo, tem o objetivo de chamar atenção para a prevenção do câncer de mama. Monumentos, prédios, teatros, pontes são iluminados de rosa, com a intenção de ressaltar a importância da luta contra o câncer de mama.<
>
No nosso município tivemos a oportunidade de ver muitas mulheres vestidas de rosa, pacientes em tratamento, ou que que já terminaram o tratamento, ou mesmo amigas, simpatizantes pela causa, integrantes do Grupo de Mãos Dadas, caminhando pela cidade, com o objetivo de divulgar a importância da prevenção.<
>
Claro que é importante lembrar o assunto durante o ano todo, não apenas no mês de outubro, mas este mês é representativo para a causa, tornando-se especial.<
>
Quando falamos em prevenção, recomendamos consultas médicas e exames de imagem periódicos, mas não podemos deixar de citar algumas medidas que podem ser tomadas para diminuir o risco de câncer de mama, como hábitos de vida saudáveis, que incluem o controle do peso, os exercícios físicos, a ausência de vícios e o controle da dieta.<
>
A obesidade é considerada como fator de risco na pós-menopausa. Estudos mostram que o ganho de 20 a 29kg após a menopausa pode aumentar o risco em 56%. Já a perda de peso apresenta efeito protetor, principalmente em mulheres que não utilizam terapia hormonal, com estudos mostrando que a perda de pelo menos 10Kg pode reduzir o risco em 57%.<
>
Outro hábito de vida saudável inclui a prática de exercícios físicos regularmente. Alguns autores citam que 3 horas semanais de exercícios moderados reduz o risco em 4 a 11%. Outros citam uma redução de 6% no risco para cada hora de atividade física realizada por semana. Essa redução do risco parece ser mais significativa na pós-menopausa.<
>
O consumo de bebidas alcoólicas está associado ao aumento de risco. Uma metanálise de estudos demonstrou aumento de 10% no risco para cada 10 gramas de álcool consumidas diariamente.<
>
A dieta saudável é fundamental para a qualidade de vida. Acredita-se que o consumo em excesso de carne vermelha tem relação com aumento do risco, mas não existem estudos que comprovem cientificamente este dado.<
>
O câncer de mama é e continuará sendo alvo de inúmeras pesquisas e estudos com o objetivo de diminuir a mortalidade, melhorar a qualidade de vida das pacientes afetadas e encontrar fatores protetores que possam diminuir a sua incidência.<
>

<
>

<
>
<
> Fitas Peruchi http://gabrielasantos.com.br/?p=65 / Jornal NH – Caderno Viver com Saúde.

VOLTAR

Cadastre-se e fique por dentro das novidades

Fitas Peruchi 2019. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por AOX Marketing

SOLICITAR ORÇAMENTO